A Cela Nova é uma velha freguesia rural amarrada no passado mas que precisa de saltar para o futuro. Queremos fazer deste sítio um espaço de reflexão sobre a nossa terra ....
Sábado, 26 de Abril de 2008
25 de Abril

Humberto Delgado e o 25 de Abril

assinalados na Cela Velha

 

Humberto Delgado, General Sem Medo, sonhou com a Liberdade e desejou a Democracia, pagou com a vida a ousadia de se defender tão nobres ideais tornando-se num percursor da Democracia que em Abril de 1974 viria a ser conquistada. Na Cela Velha, sua aldeia adoptiva, após a Revolução dos Cravos, foi erigido o primeiro e o maior monumento em sua memória e por iniciativa do Rancho Folclórico e Etnográfico “Papoilas do Campo” este monumento tornou-se num local de romagem e todos os anos no dia 25 de Abril esta data é aqui assinalada.

Neste dia 25 de Abril de 2008, uma vez mais voltamos ao local nesta romagem de homenagem à Liberdade e à Democracia recordando Humberto Delgado e as conquistas de Abril. Presentes estiveram o Presidente da Assembleia Municipal, o celense Dr Paulo Inácio; o Presidente da Câmara, Dr Gonçalves Sapinho, vários vereadores do Executivo Municipal; o Presidente da Assembleia de Freguesia da Cela, Paulo Mateus, o Presidente da Junta de Freguesia da Cela, José Figueiredo acompanhado pelo seu tesoureiro; vários elementos da Assembleia de Freguesia e representantes de vários partidos políticos entre muitas outras pessoas. Na altura foram proferidos alguns discursos em que foi vincada a importância desta data e foram depositadas flores em volta do monumento ao General Sem Medo.

 

Eu, enquanto eleito independente, o João Paulo Aleixo e o João Fã, eleitos do Partido Socialista, eleitos da oposição na Assembleia de Freguesia da Cela, entendemos uma vez mais marcar presença e deixar o nosso testemunho através de uma simples coroa de flores, porque se hoje podemos dizer sem medo que somos oposição devemos a nossa liberdade aqueles que no passado nos abriram o caminho: Humberto Delgado e os Homens de Abril com ou sem nome gravado na História. Guardar memória do passado para que jamais na história se escrevam páginas negras é construir um futuro que queremos sempre melhor. Por isso, enquanto eleitos na oposição não podemos ignorar o muito que para nós significa esta data que foi uma porta aberta para o futuro.

 

 

Uma homenagem adiada

Terminada a concentração junto ao Monumento seguiu-se um almoço convívio no edifício “A Fabrica”, sede do Rancho Folclórico e Etnográfico “Papoilas do Campo”, que uma vez mais encheu e caprichou na cuidada ementa com que brindou os presentes. È de destacar o dinamismo posto nesta causa e neste evento pela Iva Vieira que transporta bem firme a defesa da Cela Velha, a Memória de Humberto Delgado e dos valores de Abril que lhe foram legados por um grande homem que foi o seu pai Joaquim Carvalho Vieira. A semente do dinamismo local semeada e muito cultivada por esse Homem continua a frutificar no grupo de pessoas que com a Iva e a Lavinia, e restantes companheiros, continuam a fazer deste Rancho um pólo de dinamismo.

Mas, porque ainda há quem lance a areia nas engrenagens, nesta data ficou por cumprir uma Homenagem devida a Joaquim Carvalho Vieira, que tinha sido anunciada com a atribuição do seu nome a uma Rua. Lançamos a ideia que foi aprovada por unanimidade na Assembleia de Freguesia, órgão máximo da freguesia, sem contestação nem dos eleitos nem do público presente, logo não poderemos aceitar que um órgão do poder local seja desrespeitado pois isso significaria a humilhação do poder democrático e um retrocesso a tempos que não queremos. A atribuição do nome às ruas é uma competência da Assembleia de Freguesia.

É preciso desmistificar argumentos falaciosos e repor a verdade para prestar a homenagem devida e quem a merece. Dos que nada fazem não restará história, não podemos é permitir que nos impeçam de atribuir o nome de Joaquim Vieira a uma rua, quando esse Homem deixou o seu nome para a História no muito que fez pela Cela Velha.

 

 

Biografia de Humberto Delgado

“Humberto Delgado – Biografia do General Sem Medo” da autoria de Frederico Delgado Rosa, neto do General, foi apresentado publicamente no decorrer do almoço numa antecipação ao lançamento desta obra que deverá ser apresentada oficialmente no inicio do próximo mês na Assembleia da República. O vasto percurso do General Humberto Delgado, e as suas ligações à Cela Velha são traçados nesta obra de grande interesse para o conhecimento do que foi a vida desta grande figura que deixou forte marca na nossa História.

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Joaquim Marques às 13:03
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre nós
pesquisar
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
18
19

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

25 de Abril

Noticia

Notícia

Noticia

Voltei ....

Noticia: Assembleia de Fr...

Noticia: perigo na estrad...

Noticia: Esgoto escorre n...

Notícia

Noticia

arquivos

Abril 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds